Museu do Artesanato Paraibano abre exposição com homenagem ao artesanato indígena

356
Publicidade

Os paraibanos e turistas têm mais uma oportunidade de mergulhar na cultura indígena e conhecer um pouco mais sobre os povos originários da etnia Potiguara. É que será aberta, nesta terça-feira (14), no Museu do Artesanato Paraibano, em João Pessoa, a exposição “Artesanato Indígena”. A visitação ocorre até o dia 30 de abril, das 9h às 17h, de terça a domingo.

A mostra é mais uma ação do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Turismo e Desenvolvimento Econômico, Programa do Artesanato Paraibano (PAP), com o intuito de divulgar e fortalecer a cultura dos povos originários, que foram homenageados na 35ª edição do Salão do Artesanato Paraibano — o maior já realizado, com  mais de R$ 2,5 milhões comercializados.

A primeira-dama do Estado e presidente de Honra do PAP, Ana Maria Lins, ressaltou a importância de mais esta ação na valorização da cultura indígena. “Após o Salão do Artesanato, os indígenas ganham mais este importante espaço de divulgação de sua cultura, que merece todo o respeito pela sua riqueza e originalidade. É importante que todos prestigiem esta exposição, que mostra a alma indígena, através do artesanato”, ressaltou.

A secretária do Turismo e do Desenvolvimento Econômico, Rosália Lucas, também destacou a importância da exposição no fortalecimento da cultura indígena. “É um evento muito importante para que as pessoas conheçam, de maneira mais profunda, o artesanato desenvolvido pelos povos originários, especificamente da etnia Potiguara. É um artesanato que, além de uma riqueza cultural indiscutível, tem potencial econômico, como mostrou o 35º Salão do Artesanato Paraibano”, comentou.

A gestora do PAP, Marielza Rodriguez, destacou a expectativa para a exposição. “Depois do sucesso gigante que foi o Salão, que homenageou a cultura indígena, esta exposição vem coroar todo esse processo. Somos um estado que respeita os povos originários, que promove uma série de políticas públicas em prol do fortalecimento e divulgação de suas tradições”, comentou.

O artesanato indígena é a mais pura expressão da produção artesanal brasileira. Ele está presente em praticamente todas as etnias, já que os indígenas utilizam a habilidade para confeccionar utensílios e adornos.

A maioria dos produtos é elaborada com materiais retirados da própria natureza e que estejam em abundância na região. Cestaria, cerâmica, entalhe em madeira, montagem de bijuterias com sementes e penas são os mais produzidos, a partir da técnica de trançados em fibra.

Publicidade