Inaugurado Hospital Veterinário de João Pessoa

74
Publicidade

João Pessoa ganhou seu primeiro Hospital Veterinário, inaugurado na tarde desta sexta-feira (5) para fortalecer o cuidado com cães e gatos, prestando atendimento especializado. A unidade, que começa a funcionar a partir da próxima segunda-feira (8), integra uma rede de proteção animal, fortalecendo e colocando a cidade como referência do bem-estar dos pets que já conta dois castramóveis, Clínica do Pet, além do Banco de Rações.

“Em parceria com os cuidadores e protetores, sem dúvida nenhuma, João Pessoa hoje está equipada com essa atenção há algo que está sendo tão importante na nossa vida. Eu costumava dizer que antes o ser humano cuidava dos animais, hoje muitos animais cuidam da mente e do lazer do ser humano. Então, eu fico muito feliz, junto dos outros parceiros, para que a gente possa cumprir também esse papel. A qualidade de vida da gente é a soma de vários motivos e, sem dúvida nenhuma, a motivação do Pet hoje se faz presente em muitas vidas”, afirmou o prefeito.

No Hospital Veterinário, serão ofertados atendimento clínico geral para cães e gatos, consulta cirúrgica, consulta ortopédica, exames laboratoriais, cirurgias gerais de tecido mole, cirurgias ortopédicas, internamento, procedimentos ambulatoriais, consultas cardiológicas, oftálmicas e odontológicas.

O deputado federal Mersinho Lucena assegurou, durante solenidade de inauguração, que o custo de aproximadamente R$ 6 milhões anuais para a manutenção do Hospital Veterinário estão sendo garantidos em Brasília. Ele ainda adiantou que vai se reunir com prefeitos da Região Metropolitana da Capital para que a população desses municípios também possam utilizar o equipamento. Serão mais R$ 2 milhões por ano para garantir mais essa assistência.

O hospital tem uma estrutura com espaços para recepção, sala de triagem, consultório para doenças infectocontagiosas, sala de internamento, ambulatório e recuperação anestésica, consultórios para atendimentos gerais, sala de raio x, sala de ultrassonografia, laboratório e dois centros cirúrgicos. O atendimento para consultas será das 8h às 17h.

A equipe é formada por três clínicos gerais, três cirurgiões para consultas e cirurgias, quatro médicos para internamento que irão trabalhar em regime de escala, uma médica ultrassonografista, dois anestesistas, um ortopedista e um patologista para atuar no laboratório de análises clínicas.

Publicidade