Vereador Mangueira toma posse em vaga deixada por Eliza Virgínia na CMJP

15
Foto: Juliana Santos
Publicidade

O suplente de vereador Mangueira (PP) tomou posse, na manhã desta quarta-feira (3), na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). O parlamentar ocupa a vaga deixada pela vereadora Eliza Virgínia (PP), que assumiu a cadeira de deputada federal, na Câmara dos Deputados, na noite desta terça-feira (2), em Brasília.

O presidente da CMJP, vereador Dinho (PSD), deu boas-vindas de volta ao parlamentar, que já ocupou a vereança nesta Legislatura, substituindo o vereador João Corujinha (PP), quando secretário de Direitos Humanos e Cidadania. Ele explicou ainda os trâmites tomados para a posse do primeiro suplente.

“A vereadora Eliza é primeira suplente de deputado federal. Com o afastamento de Mersinho Lucena, ela assume a titularidade de deputada federal na Câmara dos Deputados. Ontem à noite ela já tomou posse, a Mesa Diretora comunicou o afastamento dela, publicamos de imediato a vacância da vaga da vereadora. E, para não haver ausência no cargo, o primeiro suplente Mangueira toma posse hoje, assumindo a titularidade do mandato durante o afastamento da vereadora Eliza”, explicou Dinho.

Leia Também: Eliza Virgínia assume mandato na Câmara dos Deputados com licença de Mersinho

Mangueira destacou que seu retorno vai ser marcado pela continuidade de seu trabalho em prol dos mais carentes. “Já vinha, durante três anos e alguns meses, exercendo o mandato de vereador. Mas, foi preciso me afastar devido à volta do vereador Corujinha. Agora volto para substituir a vereadora Eliza Virgínia com o intuito de continuar meu trabalho, que é voltado principalmente para a classe mais carente da população de João Pessoa”, declarou.

O parlamentar ainda destacou que, através de suas Emendas Impositivas, tem procurado beneficiar instituições como Instituto Cândida Vargas; Trauminha; São Vicente de Paula; Hospital Napoleão Laureano. “A gente tem procurado estar mais perto da população, saber o que a população, principalmente da periferia, precisa”, afirmou, ressaltando a responsabilidade de substituir o mandato da vereadora Eliza Virgínia. “Temos que ser tão bons quanto, ou melhor”, projetou.

Publicidade