PF prende piloto de avião suspeito de tráfico de drogas em João Pessoa

31
Foto: Arquivo/PF
Publicidade

Na manhã desta quarta-feira (15), a Polícia Federal desencadeou uma operação contra uma organização criminosa envolvida em diversos crimes, incluindo tráfico internacional de drogas e armas, evasão de divisas, falsificação de documentos públicos, e até mesmo casos de tortura. Um piloto de aeronaves foi preso durante a ação em João Pessoa. Além da prisão, foram confiscados equipamentos eletrônicos, documentos e dois veículos.

As atividades da operação ocorreram simultaneamente em vários estados do país, incluindo Alagoas, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraíba e São Paulo, além do Mato Grosso do Sul.

A organização criminosa sob investigação é acusada de enviar grandes quantidades de drogas para países da América Central. Estima-se que ao longo de aproximadamente três anos de investigação, o grupo tenha transportado pelo menos seis toneladas de cocaína.

Para lavar dinheiro e ocultar a origem dos bens, a organização utilizava várias táticas, incluindo o emprego de doleiros nas fronteiras do Brasil com países vizinhos, a criação de empresas fictícias, negócios fraudulentos e a utilização de pessoas como laranjas.

A operação mobilizou um total de 273 policiais federais, que cumpriram 64 mandados de busca e apreensão, 25 mandados de prisão preventiva e 11 mandados de prisão temporária. Além disso, cerca de 90 imóveis identificados foram alvo de sequestro, e bens e valores relacionados a aproximadamente 80 pessoas e empresas envolvidas foram bloqueados.

Publicidade