Corpos de jovens desaparecidos são encontrados decapitados em Bayeux

28
Publicidade

Foram encontrados decapitados, na manhã desta terça-feira (09), os corpos de Renan Douglas, de 16 anos, e Wendys de Caldas Silva, de 24 anos. Eles estavam estavam enterrados um sobre o outro, com as mãos amarradas em uma cova rasa no Rio do Meio, em Bayeux.

Os jovens, moradores do bairro Jardim Veneza em João Pessoa, estavam desaparecidos desde o dia 4 de julho. Eles foram vistos pela última vez saindo de uma sucata em Imaculada, Bayeux.

Leia Também: Operação conjunta captura assaltante da Paraíba no Rio de Janeiro

Os corpos apresentavam marcas de perfurações de tiro. Próximo ao local, a polícia encontrou um facão, que pode ter sido usado para decapitá-las. De acordo com a Polícia, Renan e Wendys podem ter sido mortos por residirem em uma área dominada por uma facção criminosa rival da que atua no local onde foram encontrados.

Sobre o Caso

Os jovens desapareceram após visitarem uma sucata para comprar materiais. De acordo com familiares, os dois começaram a trabalhar juntos comprando restos de paletes para revender. Eles chegaram à sucata em Bayeux por volta das 14h e saíram após as 16h, segundo funcionários do estabelecimento. O desaparecimento foi registrado na sexta-feira, 5 de julho, e o caso foi encaminhado à Delegacia de Homicídios.

Publicidade