Dragões da Real apresenta João Pessoa e deve colocar a capital paraibana em outro patamar no turismo

358
Publicidade

Quando os primeiros raios solares começarem a aparecer no Sambódromo de São Paulo, exatamente às 5h do domingo (19), esses mesmos raios já estarão reluzentes na orla marítima de João Pessoa, a cidade onde o sol nasce primeiro nas Américas. Esse fato pode não ser coincidência, mas, nesse horário, o Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Dragões da Real estará entrando no templo do carnaval paulistano apresentando para o mundo as belezas, a gastronomia, a cultura e os encantos da capital paraibana.

A apresentação de João Pessoa como enredo da Dragões da Real é um investimento feito pela Prefeitura Municipal, numa aposta certeira para atrair os olhos do Brasil e do mundo para a Paraíba, numa receita que terá um retorno incalculável para a economia da cidade, conforme o secretário de Turismo, Daniel Rodrigues. “Haverá um reflexo excepcional na cadeia produtiva do turismo, ampliando ainda mais o movimento de turistas na capital paraibana”, comentou.

Por conta da homenagem, a mídia nacional já vem divulgando João Pessoa em diversas reportagens especiais, inclusive, muitas afiliadas da Rede Globo no interior de São Paulo estiveram na cidade para produzir matérias, dimensionando ainda mais as informações turísticas.

As reportagens mostram a cultura, a culinária, os pontos turísticos, o Centro Histórico, com repercussão extremamente positiva, tendo em vista ser transmitida para todo o Estado de São Paulo, “um dos principais emissores de turistas para João Pessoa”.
Na opinião do presidente da ABIH-PB (Associação Brasileira da Indústria Hoteleira, seccional Paraíba), Rodrigo Pinto, a ação é “excelente para nosso destino, tendo em vista que é sempre importante fazer divulgação, principalmente, em um evento visto e televisionado para todo o território nacional e no exterior, que acontece em São Paulo”.

Os desfiles das escolas de samba de São Paulo serão transmitidos ao vivo pela Rede Globo para o Brasil e o exterior, colocando em evidência os principais atrativos da capital paraibana. “Esse fato deve repercutir e impulsionar essa onda positiva de interesse por nosso destino e impulsionar o Turismo a partir do mês de junho em diante, aquecendo o setor para o segundo semestre”, pontuou Rodrigo Pinto.

Visibilidade- Para o presidente do Convention Bureau de João Pessoa, Marcos Abrantes, a mídia espontânea que a cidade está ganhando desde o anúncio de que seria enredo da escola de samba é excepcional. “Essa exposição espontânea irá colocar João Pessoa em uma outra prateleira entre os destinos turísticos brasileiros, não tenho dúvidas”, disse.
O executivo enumerou quantas pessoas já estão informadas e conhecendo um pouco mais sobre a capital paraibana. “Somente de associados da escola paulistana são mais de 14 mil pessoas; o São Paulo tem a terceira maior torcida do Brasil, com 19,4 milhões com ativação nas redes sociais; e o pico de audiência dos desfiles na televisão aponta que 20% dos telespectadores no Brasil estão assistindo.

O carnavalesco da Dragões da Real, Jorge Freitas, disse que a escola de samba vem se preparando há oito meses para o desfile e que, nesse tempo, muitas pessoas já despertaram o interesse de conhecer João Pessoa após o Carnaval. “Tem gente que está planejando visitar a cidade desde que começamos a divulgar os detalhes da cidade e a colocar dentro da escola todas as informações. Há uma curiosidade natural para aqueles que não conhecem ainda”, pontuou.

Tema do enredo:
‘Paraíso paraibano – João Pessoa, a porta do sol das Américas’

Confere o samba:
https://youtu.be/zMsWKEMX4DE

Voar, voar, voar
E ver o sol nascer primeiro
No infinito mar encontrar
O paraíso verdadeiro
Négo viver outros amores
Na bandeira nossas cores
E sonhos de Carnaval
Nesse zum zum zum maneiro
De janeiro a janeiro
Alegria é geral!

Hoje tem arrasta pé, quadrilha de cariri
Isso aqui é João Pessoa, a poeira vai subir (ohhh)
Se avexe não, minha flor…
Eu esqueci de dizer
Que o sanfoneiro vai até o amanhecer

Oh, mãe
Senhora da fé paraibana
A mulher tem sua luz
Emana uma força soberana
Mãos talentosas moldando
Um tantinho de algodão
Transformam em lindas lembranças
Riqueza e tradição
Dá gosto ver de novo
O orgulho brotar da raiz
Desse terra arretada
Lugar de gente feliz

Isso aqui tá bom demais, incendeia
O seu nome eu escrevi na areia
Dragões: seu grito ecoa
Arreia o canto pra João Pessoa.

Compositores: Thiago SP, Renne Campos, Léo do Cavaco, Marcelo Adnet, Darlan Alves, Rodrigo Atração, Jairo Cruz, André Carvalho, Paulo Senna e Tigrão

Publicidade