Veículos destruídos em acidentes são expostos em avenidas de João Pessoa para alertar motorista

Um banner, no local do acidente simulado, também alerta que aquela vítima poderia ser você

35
Publicidade

Nos quatro primeiros meses deste ano 260 pessoas morreram em decorrência de acidentes de trânsito na Paraíba. Para chamar a atenção sobre o problema e alertar as pessoas para a necessidade de respeitar as leis de trânsito, estão sendo expostos em quatro avenidas de João Pessoa veículos “destruídos” em acidentes, tanto carros quanto motos.

A ação faz parte da Campanha Maio Amarelo, desenvolvida nesta terça-feira (20) pela Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), em parceria com BPTran, Detran, Semob, Corpo de Bombeiros e Guarda Metropolitana. Dentro da programação, hoje também está sendo realizada, uma Sessão Especial na sede do Legislativo Municipal para alertar sobre o problema.

O presidente da CMJP, vereador Dinho (PSD) alertou para os números alarmantes de acidentes de trânsito na Paraíba. “Hoje, a gente traz aqui essa simulação de acidente, chamando a atenção da população, justamente para alertar sobre os números alarmantes. Foram quase 800 mortes só o ano passado e este ano mais de 260 vítimas fatais. São números de uma guerra civil e precisamos dar um basta nisso, a população precisa se conscientizar, a paz no trânsito precisa reinar. Estamos aqui fazendo a nossa parte e impactando a população para chamar atenção para a paz no trânsito neste Maio Amarelo”, arguiu.

Confira os locais dos acidentes:

  1. Rotatória localizada entre a UFPB e a entrada dos Bancários;
  2. Avenida Epitácio Pessoa, na altura da Usina Cultural Energisa;
  3. Avenida Tancredo Neves, em frente à Escola Estadual Fernandes Vieira;
  4. Avenida Cruz das Armas, no canteiro em frente à Maternidade Frei Damião;


Em todas as avenidas escolhidas para a ação, foram colocados nos postes ‘post banners’ com alertas para os motoristas. Eles trazem mensagens sobre a necessidade de respeito à sinalização de trânsito, alertas sobre uso de celular e proibição de dirigir alcoolizado. Um banner, no local do acidente simulado, também alerta que aquela vítima poderia ser você.

Publicidade