Salão Imobiliário da BMB tem participação da CEF e mais de 5 mil imóveis à venda

24
Foto: Divulgação
Publicidade

Imóveis em mais de 60 bairros de João Pessoa estão disponíveis para negociação no II Salão Imobiliário na Multifeira Brasil Mostra Brasil. O evento vai acontecer até o dia 14 de julho no Centro de Convenções de João Pessoa e conta como novidade a presença da Caixa Econômica Federal (CEF).

Para o presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis da Paraíba (CRECI-PB), Ubirajara Marques, a participação da CEF traz ainda mais força e credibilidade para os negócios. “A Caixa Econômica é uma âncora para o Brasil e, quando está presente, dá uma visibilidade maior”, afirmou.

Ubirajara explicou ainda que a CEF traz o projeto dos imóveis adjudicados, que são aqueles tomados pela instituição e que são colocados à venda novamente. “Existe uma parceria do Creci-PB com a Caixa Econômica para esse tipo de venda e, no salão imobiliário, tem um espaço destinado a isso”, anunciou.

Leia Também: Hospital do Pet começa a atender nesta segunda-feira com serviços clínicos ambulatoriais

Variedade

O II Salão de Imóveis da BMB tem 36 estandes. A maioria de Imobiliárias em parceria com construtoras. Entre as ofertas do Salão Imobiliário há imóveis na planta, em construção, prontos para morar, loteamento de terreno, terreno em condomínio fechado e até para aluguel.

O diretor-secretário do Conselho Federal dos Corretores de Imóveis, Rômulo Soares Lima, destacou que o Salão é muito importante para a cadeia produtiva da Construção Civil e do mercado imobiliário. “Isso mostra a força do mercado e da categoria e é a oportunidade para quem quer realizar o sonho da casa própria, seja através do ‘Minha Casa, Minha Vida’ até o imóvel de alto padrão”.

Para Wilson Martinez, diretor geral da Brasil Mostra Brasil, esse segmento tem realmente um leque de oportunidades, tendo em vista o crescente interesse também do público de fora querendo vir morar em João Pessoa. “Sabemos que o setor imobiliário promete bons negócios esse ano e, por isso, ampliamos a área de móveis na BMB”, completa.

Publicidade