Morre aos 68 anos a atriz Elizangela no Rio de Janeiro

205
Foto: Wilton Junior/Estadão / Estadão
Publicidade

A atriz Elizangela do Amaral Vergueiro morreu aos 68 anos, nesta sexta-feira, 4, em Guapimirim, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pela prefeitura da cidade ao jornal O Globo.

Conforme informado pelo município, a artista havia dado entrada no Hospital Municipal José Rabello de Mello devido a uma parada cardiorrespiratória após ser atendida pelas equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Houve tentativas de reanimá-la durante o translado e já no hospital, mas ela não resistiu. 

Em nota enviada ao jornal, a Prefeitura de Guapimirim lamentou a morte da atriz. “Esta é a segunda vez que o sistema de saúde do município atendeu Elizangela. Na primeira, Elizangela deu entrada na unidade com graves problemas respiratórios, e depois de algumas semanas, teve alta da unidade”, informou.

Carreira

A atriz, nascida em 1954 no Rio de Janeiro, possui uma extensa carreira na televisão brasileira. Começou como atriz aos 7 anos, trabalhando em programas de TV ao vivo. Ao longo dos anos, participou de várias novelas, programas de variedades e teleteatros, consolidando-se como uma das figuras mais conhecidas da televisão brasileira.

De grandes sucessos à perda de papel por negar vacina: relembre carreira de Elizangela

Elizangela também trabalhou como cantora e lançou uma música de sucesso em 1979. Sua carreira inclui participações em programas humorísticos e novelas de diferentes gêneros, destacando-se por sua versatilidade e talento como atriz. Ela trabalhou em diversas produções da TV Globo e também em outras emissoras.

Seu papel mais recente foi em A Dona do Pedaço (2019), de Walcyr Carrasco. A atriz teve uma participação especial na novela, contribuindo para enriquecer a trama com seu talento. 

Terra

Publicidade